BEM-VINDO À KEMIB DEDICADOS E PREOCUPADOS “Pessoas bem sucedidas ou mal sucedidas não têm muita diferenças em suas habilidades.
O que varia é o interesse que cada uma tem de atingir seu potencial” – John Maxwell
Confie o seu sonho em nós Criando um futuro sustentável através da preservação de edifícios
arquitetura verde e design inteligente
KEMIB KEEP EASY, MAKE IT BETTER

A utilização da alvenaria como método de construção de edifícios tem raízes que remontam à antiguidade, tendo evoluído em termos de materiais e técnicas aplicadas. O termo alvenaria remete para a construção com elementos unidos entre si, usando ou não argamassa. Esses elementos podem ser de várias origens e materiais, maciços ou vazados (tijolos e blocos) como blocos de cimento, tijolos, pedra e até vidro.

A alvenaria com tijolos ou blocos de cimento ainda é o método de construção mais utilizado no nosso país. Normalmente é combinada com betão armado para maior resistência, mas não é obrigatório que assim seja. Esta construção pode ser utilizada como preenchimento de paredes em que a estrutura é em betão armado (como na imagem que apresentamos), ou servir para construir a própria estrutura, sendo chamada então de alvenaria estrutural.

Vantagens

Permite a construção de edifícios mais altos e dá uma maior liberdade arquitetónica, tanto na altura como na forma sem pôr em causa a estabilidade da estrutura.

Permite a criação de vãos largos e formas inovadoras sem pôr em causa a distribuição de forças na estrutura do edifício.

Normalmente tem um bom comportamento face ao sismo;

Tem boa inércia térmica (a capacidade do edifício para as variações de temperatura no seu interior).

Desvantagens

Costuma ser mais fria e ter pior desempenho no isolamento, o que implica a utilização de medidas extra para ultrapassar esse problema. Contar com um bom arquiteto é a solução para encontrar as melhores soluções para contornar os inconvenientes deste método construtivo.

fonte do texto: Homify